Os membros da ICC Brasil estão na vanguarda da agenda do comércio e do investimento internacional. 

Através da contribuição nos trabalhos das comissões temáticas, da participação nos eventos especializados, ou da recepção do conteúdo desenvolvido nas 12 áreas de trabalho, os membros da ICC Brasil dão vida diariamente à grande missão da ICC: fomentar a paz e a prosperidade através do comércio internacional.

As empresas, associações empresariais, escritórios de advocacia, bancos, consultorias, universidades e profissionais que constituem o quadro associativo da ICC Brasil fazem parte integral da comunidade global da ICC.


POR QUE SE ASSOCIAR À ICC BRASIL:
 

Pertencer a um grupo seleto e influente, no Brasil e no cénario internacional:

Os membros da ICC Brasil criam laços com as empresas e os profissionais mais dinâmicos da economia mundial, e ganham influência através das relações privilegiadas da ICC com os principais fóruns intergovernamentais e governos nacionais.

Entender os grandes desenvolvimentos nas regras do comércio internacional:

Os membros da ICC têm a oportunidade de conhecer antecipadamente e influir na elaboração das normativas internacionais, leis nacionais, e iniciativas de auto regulação globais, que afetam a atividade comercial das empresas.

Contribuir à internacionalização da economia brasileira:

Os membros da ICC participam ativamende dos esforços para aumentar a competitividade da empresas brasileiras no mercado internacional, e defendem o alinhamento das regulações e práticas empresariais brasileiras com as melhores práticas internacionais.
 

QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DE SER UM ASSOCIADO:

Receber constantemente as informações e relátorios da ICC sobre temas de comércio internacional e resolução de litígios

Ser indicado para integrar as Comissões e Task-Forces Globais da ICC

Beneficiar-se de descontos de até 20% sobre publicações, eventos e ações de treinamentos da ICC

Integrar os Comitês Temáticos criados pela ICC Brasil na área de comércio internacional, trade finance, digital, arbitragem, meio ambiente e energia e propriedade intelectual